Postagem em destaque

Justiça cassa mandato do Conselho Municipal de Cultura de Porto Alegre

A decisão do juiz José Antonio Coitinho, titular da 2ª Vara da Fazenda Pública de Porto Alegre, em Mandado de Segurança impetrado p...

18 de julho de 2013

OP: Temática elege habitação como prioridade de investimentos


Foto: Cristine Rochol/PMPA
Fortunati ressaltou que projetos são construídos em conjunto com as comunidades
Fortunati ressaltou que projetos são construídos em conjunto com as comunidades
 Os participantes da assembleia temática Habitação, Organização da Cidade, Desenvolvimento Urbano e Ambiental votaram nas suas prioridades de investimentos elegendo habitação em primeiro lugar, seguida de saneamento básico, urbanismo e meio ambiente.
 Para a representação no Conselho do OP (COP), se apresentou uma chapa de consenso que foi eleita por aclamação.  Serão os conselheiros da temáticaEmerson Santos e Silvana D’avila Cardoso, como 1º e 2º titulares, respectivamente. Para a suplência, foram eleitos Gentil Claudionor Lopes e Salete Keller.(fotos)
 
Com o teatro Dante Barone lotado, a plenária realizada na noite de quarta-feira, 17, dentro da rodada de Assembleias Regionais e Temáticas do Orçamento Participativo (OP) 2013-2014, registrou 894 credenciamentos. Esse número  poderia passar de mil, devido à quantidade de pessoas que não puderam ingressar no teatro por questões de segurança. 
 
Representantes das ocupações Loteamento São Luiz, Fernando Wagner e Terra Nossa falaram na tribuna no momento destinado às manifestações de dez inscritos. A conselheira do OP da região Eixo-Baltazar, Laura Elisa Machado destacou a necessidade de participação do Departamento Municipal de Habitação nas negociações relativas às ocupações. 
 
O prefeito José Fortunati destacou que o interesse da população é o mais importante na busca das soluções para os problemas de moradia e das ocupações irregulares. O chefe do executivo disse que a Prefeitura de Porto Alegre vai buscar alternativas junto aos governos Federal e Estadual e o apoio do Judiciário para resolver os impasses nessas áreas. “Este é um dos temas mais complexos que as cidades modernas enfrentam, principalmente as capitais. As migrações populacionais que aconteceram na década de 70 voltaram a acontecer recentemente, porque as pessoas vêm para os grandes centros em busca de melhores condições de vida. Porto Alegre não foge a esta regra. Nós temos várias ocupações irregulares que precisam de ações e projetos na área da habitação. Então nós estamos buscando alternativas e tentando dar uma resposta a essas comunidades, mas principalmente tentando construir juntos com os moradores uma solução”, afirmou Fortunati.
 
No fim da assembleia, o prefeito ouviu cada um dos moradores que foram até a mesa e destacou a importância da presença das comunidades no OP e nas decisões de governo. “Não se desmobilizem. Essa luta não termina nesta noite. As assembleias são importantes e a participação de vocês deve ocorrer todos os dias, de forma democrática , permanentemente organizados para buscar as soluções”, concluiu Fortunati, que em seguida determinou que os técnicos e secretários envolvidos na temática visitem as 3 ocupações.
 
Na noite de quinta-feira, 18,  é a vez da plenária temática Desenvolvimento Econômico, Tributação, Turismo e Trabalho, a partir das 19h no Teatro Dante Barone da Assembleia Legislativa.
 


/orcamentoparticipativo
Texto de: Indaiá Dillenburg
Edição de: Manuel Petrik
Autorizada a reprodução dos textos, desde que a fonte seja citada.