Postagem em destaque

Justiça cassa mandato do Conselho Municipal de Cultura de Porto Alegre

A decisão do juiz José Antonio Coitinho, titular da 2ª Vara da Fazenda Pública de Porto Alegre, em Mandado de Segurança impetrado p...

23 de julho de 2013

Prédio principal do Museu Júlio de Castilhos reabre em 03 de agosto

Após 16 anos fechado o  prédio principal do Museu Julio de Castilhos será reaberto ampliando em quatro grandes salões os espaços expositivos da instituição museológica mais antiga do Estado. Para marcar a data um grande evento será realizado pelo Governo do Estado em parceria com a Associação de Amigos do museu e com patrocínio do Banrisul, no dia 03 de agosto a partir das 11h da manhã.
O encontro Herança Açoriana: uma festa cultural contará com a presença do secretário Regional da Presidência para as Relações Externas dos Açores, Rodrigo Oliveira, do diretor Regional de Turismo dos Açores, João Bettencourt, e do coordenador de Comunicação do governo dos Açores, Carlos Tomé. Na ocasião, às 14h, será assinada a Ata de criação da Comissão Binacional para a organização da Ópera Açoriana, espetáculo que será realizado pelo governo gaúcho e será apresentado em maio de  2014 em Porto Alegre.
Acompanhe a Programação
Exposição
Durante todo o dia 03 de agosto a comunidade gaúcha poderá acompanhar espetáculos de dança e canto da cultura açoriana. O inicio do evento marca a abertura da exposição Laços Açorianos: Povoamento e cultura do Porto dos Casais – que ressalta a importância histórica do povoamento açoriano na construção da cidade de Porto Alegre, disseminando as manifestações culturais que criaram um laço de identidade permanente no Rio Grande do Sul. A mostra ficará aberta até 03 de novembro com visitas de terças a sábados das 10 às 17h, além de visitas guiadas e ações educativas às terças e quintas-feiras.
Gastronomia
Das 11h ás 17h  estará aberta também a feira gastronômica Tascas Açorianas – organizada pelo GT Gastronomia Regional do Palácio Piratini com a participação dos chefs Carlos Kristensen e Felippe Sica, além da Casa dos Açores de Gravataí. Serão elaborados pratos, a serem comercializados na feira, inspirados na rica culinária açoriana.
Teatro
Às 14h30min será apresentado o espetáculo cênico Açores e o mito de Atlântida, com direção e concepção de Marcelo Restori. O espetáculo apresenta os açorianos e sua influência no imaginário e na cultura do Rio Grande do Sul. Uma simbólica coreografia performática com apresentação de rapel cênico e dança contemporânea sobre os herdeiros da lenda de tlântida – um povo oriundo de um arquipélago de nove ilhas, cercado pela imensidão do mar e constantemente ameaçado por tremores e erupções vulcânicas – de um lado a luta contra a natureza, do outro a solidão e o desafio a aventura.
Dança
Durante toda a tarde do dia 03 de agosto o grupo de danças Ilhas de Encanto, do Instituto Isabel de Espanha de Viamão apresentará danças açorianas. O grupo foi criado em 1981 pela professora Lucélia Nunes para dar oportunidade às crianças da comunidade escolar a vivência da dança. A partir de 1990 o grupo passa a se chamar Grupo de Danças Ilhas de Encanto, pois o folclore açoriano, uma das raízes da colonização viamonense, passa a ter destaque em suas apresentações.
Também haverá apresentação do grupo Cantadores do Litoral, espetáculo de música litorânea de influência afro-açoriana com Loma, Mário Tressoldi, Nilton Júnior, Paulo de Campos e Rodrigo Reis. O grupo fundado em 2001 deu continuidade ao trabalho de pesquisa iniciado pelos compositores Ivo Ladislau e Carlos Catuípe.
Serviço:
O que: Herança Açoriana- uma festa cultural
Quando: 03 de agosto, a partir das 11h
Onde: Museu Júlio de Castilhos, Duque de Caxias 1231, Porto Alegre- RS