Postagem em destaque

Justiça cassa mandato do Conselho Municipal de Cultura de Porto Alegre

A decisão do juiz José Antonio Coitinho, titular da 2ª Vara da Fazenda Pública de Porto Alegre, em Mandado de Segurança impetrado p...

7 de junho de 2013

Próxima edição do Viva o Centro a Pé será dia 22

Foto: Ivo Gonçalves/PMPA
Totem do Caminho dos Antiquários é o ponto de partida das caminhadas
Totem do Caminho dos Antiquários é o ponto de partida das caminhadas
A nova edição da caminhada orientada do Viva o Centro a Pé será no dia 22 de junho, sábado. A programação terá início às 10h, saindo do Caminho dos Antiquários pela rua Marechal Floriano, e tem como destino o Centro Alto, com audiodescrição. O roteiro seguirá pela avenida Borges de Medeiros (subindo o Viaduto Otávio Rocha), rua Duque de Caxias (Museu Júlio de Castilhos, Praça da Matriz e Catedral Metropolitana) e visitação interna ao Arquivo Público do Estado do Rio Grande do Sul.

Interessados devem solicitar inscrição pelo e-mail vivaocentroape@gmail.com e aguardar confirmação. Para participar é necessário doar alimentos não perecíveis. Outra opção é a doação de ração para cães e gatos, que será destinada aos animais, pela Secretaria Especial dos Direitos Animais (Seda). Existem caixas para o recolhimento no ponto de saída das caminhadas.

Com duração de aproximadamente duas horas, o passeio tem como orientadores a arquiteta Renata Galbinski Horowitz e o jornalista e audiodescritor César Fraga. Em caso de chuva, a programação será cancelada.

Orientadores - Renata Horowitz é arquiteta pela Ufrgs e especialista em Gestão e Prática de Obras de Restauração do Patrimônio Cultural. Atua na área de Preservação do Patrimônio Cultural desde 1994 e coordena o Serviço de Restauração Patrimonial do Hospital Psiquiátrico São Pedro. É autora e co-autora de projetos de restauração, como os do Arquivo Público do Estado, Museu da Brigada Militar e antiga estação de trem de Canoas.

César Fraga é jornalista, roteirista de audiodescrição e audiodescritor desde 2010. Foi aluno da doutora em Linguagem e especialista em Audiodescrição Lívia Motta, pelo Instituto Vivo. É audiodescritor de filmes, aulas de EaD e eventos.

Voluntários - No sábado acessível, pessoas com deficiência visual necessitam de voluntários para conduzi-las na caminhada. As pessoas que se disponibilizarem a atuar como guia devem se apresentar à organização do evento.

A realização é da Secretaria Municipal da Cultura (SMC), pelo Museu de Porto Alegre Joaquim Felizardo, e do Programa Viva o Centro, com apoio da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC).


/cultura /vivaocentro
Edição de: Vanessa Oppelt Conte
Autorizada a reprodução dos textos, desde que a fonte seja citada.