Postagem em destaque

Justiça cassa mandato do Conselho Municipal de Cultura de Porto Alegre

A decisão do juiz José Antonio Coitinho, titular da 2ª Vara da Fazenda Pública de Porto Alegre, em Mandado de Segurança impetrado p...

6 de julho de 2013

Nora Esteves defende criação de companhia de dança oficial no Rio Grande do Sul


Professora na Companhia Deborah Colker, Nora Esteves veio a Porto Alegre, sua terra natal, no final de junho, para participar do Gala Ballet, organizado por Cristina Fragoso. À jornalista Juliana Palma, a bailarina se mostrou impressionada  com o  fato de o Rio Grande do Sul não ter uma companhia oficial de balé. E se mostrou apegada à causa.
– No sul, o povo é culto, gosta de música clássica e várias escolas de balé fazem sucesso no Estado. Muitas cidades no país não têm a tradição do balé e, mesmo assim, têm companhias oficiais. E por isso o Gala Ballet é tão importante para a cidade de Porto Alegre, porque ajuda a fomentar a dança de diversas maneiras.
Nora explica que o mercado do balé é muito restrito e incentiva que mais portas devem ser abertas dentro desse universo, que isso beneficiaria muita gente.
– Não é uma coisa impossível a criação de uma companhia. Eu quero ser madrinha dessa causa. Tenho certeza de que Porto Alegre tem público para isso, e que muitos iriam adorar ver um grupo fixo de dança, seja mantido pelo governo, pela prefeitura ou por uma parceria entre empresas. Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais e Salvador são exemplos de cidades que conseguem manter um grupo de dança.
Ficam o apelo e a disposição da diva em se unir à causa.
Foto: Tadeu Vilani