Postagem em destaque

Justiça cassa mandato do Conselho Municipal de Cultura de Porto Alegre

A decisão do juiz José Antonio Coitinho, titular da 2ª Vara da Fazenda Pública de Porto Alegre, em Mandado de Segurança impetrado p...

12 de novembro de 2013

Porto Alegre recebe grande nome do acordeão

Foto: Vicent Catala/Divulgação PMPA
Francês Richard Galliano será atração do projeto Gaiteiros do Mundo
Francês Richard Galliano será atração do projeto Gaiteiros do Mundo
A Secretaria Municipal de Cultura e a LCB Produtora vão promover o projeto “Gaiteiros do Mundo”, cujo lançamento oficial para imprensa e convidados acontecerá na segunda-feira, 18, a partir das 21h, no Teatro Renascença (av. Erico Verissimo, 307) com show do acordeonista francês Richard Galliano, com entrada franca. O evento será realizado no próximo ano e terá o músico europeu como patrono.

De acordo com o idealizador do projeto, o gaiteiro Luiz Carlos Borges, a intenção é de recolocar a gaita como instrumento a ser compreendido em todos os níveis musicais: regional, folclórico, popular e até mesmo erudito. A ideia vem inspirada em diversos festivais similares que acontecem em toda a Europa e que procuram valorizar as diversas formas de expressão da gaita, da sanfona, da concertina e seus congêneres.

Instrumentista destacado nos festivais de jazz por todo o continente europeu, Richard Galliano começou na gaita aos quatro anos de idade, ao estudar com seu pai, Lucien Galliano. Começou seu interesse pelo jazz ao ouvir o trompetista Clifford Brown. Se interessou pelo estilo dos acordeonistas brasileiros Sivuca e Dominguinhos. Tem gravado com grandes nomes da música francesa como Charles Aznavour e Juliette Gréco, além de desenvolver uma carreira jazzística ao lado de Wynton Marsalis, Gonzalo Rubalcaba e Charlie Haden, entre outros.

Nesta primeira edição, a ser desenvolvida em 2014, não haverá o caráter competitivo, mas sim de mostra das inúmeras possibilidades sonoras do instrumento.


/cultura
Edição de: Gilmar Martins
Autorizada a reprodução dos textos, desde que a fonte seja citada.