Postagem em destaque

Justiça cassa mandato do Conselho Municipal de Cultura de Porto Alegre

A decisão do juiz José Antonio Coitinho, titular da 2ª Vara da Fazenda Pública de Porto Alegre, em Mandado de Segurança impetrado p...

30 de agosto de 2015

Cultura é a segunda prioridade no geral no OP

OP bate recorde histórico de participação nas assembleias

30/08/2015 16:13:41

Foto: Ricardo Giusti/PMPA
Plenárias reuniram 20.657 inscritos, maior número em 26 anos Plenárias reuniram 20.657 inscritos, maior número em 26 anos
Os 23 encontros da rodada de Assembleias Regionais e Temáticas do Ciclo 2015/2016 do Orçamento Participativo, iniciados no dia 27 de julho, contabilizaram 20.657 credenciamentos, um crescimento de 17,52% de participação em relação ao ano passado, com 17.582 credenciados. É o maior número de inscritos desde a implantação do OP há 26 anos. "Estes números comprovam que Porto Alegre está voltada para as pessoas, uma cidade onde elas próprias escolhem a melhor forma de aplicar os recursos públicos”, disse o prefeito José Fortunati.

Duas regiões se destacaram por bater o recorde de participação, que pertencia ao OP do ano passado por ocasião dos 25 anos de sua implantação. A região Restinga registrou 1.946 inscritos, superada apenas pela recordista região Eixo Baltazar, com 1.974 participantes, a maior plenária da história do OP em participação.

Prestação de Contas – Durante as 23 plenárias do OP, os secretários de Governança Local, Cezar Busatto e adjunto, Carlos Siegle de Souza, apresentaram os números gerais do OP. Nos dados fornecidos pela Secretaria de Planejamento Estratégico e Orçamento (SMPEO) constaram informações do Plano de Investimentos e Serviços (PI) deste ano, que tem mais de R$ 80 milhões em demandas novas, sendo R$ 67 milhões das regionais e R$ 12,5 milhões das temáticas, detalhados de acordo com a plenária da ocasião. As apresentações relacionadas às regiões contaram com o mapa georreferenciado, das demandas contidas no PI, organizado pela equipe do Observatório da Cidade de Porto Alegre (ObservaPOA).

Ações nas regiões e temáticas – Também os conselheiros registraram sua prestação de contas durante a gestão. Em todas as plenárias, os conselheiros disponibilizaram aos participantes as ações nas respectivas regiões e temáticas. O material foi organizado pelos conselheiros, gestores de democracia participativa local, gestores temáticos com o apoio da Assessoria de Comunicação Social da Secretaria de Governança Local.

Demandas mais votadas nas 17 regiõesHabitação continua a primeira prioridade mais votada nas regiões. Esteve entre as quatro prioridades em 14 regiões, sendo que em 11 foi a primeira colocada. A segunda prioridade na lista das mais eleitas superou sua marca do ano passado: Cultura também ficou entre as quatro primeiras prioridades em 14 regiões e ainda conquistou a marca inédita de ser a primeira colocada em duas, Noroeste e Leste. A terceira colocação é do tema Saneamento básico- drenagem e dragagem, e a quarta colocação geral pertence ao tema pavimentação. Veja a lista de prioridades eleitas nas Temáticas e nas Regiões.

Conselheiros Eleitos – A maioria das regiões e temáticas entrou em consenso e constituiu uma única chapa para representá-los no Conselho do OP (COP). Dezesseis plenárias, das quais quatro temáticas e 12 regionais, saíram da assembleia com sua chapa única eleita por aclamação. Já outras sete plenárias apresentaram disputa de chapas. A temática Cultura elegeu integramente uma das chapas em disputa, e na região Eixo Baltazar houve uma chapa que retirou a candidatura, elegendo a outra que disputava o pleito. Nas outras cinco plenárias com disputa de chapas, a que conquistou o maior número de votos indicará os membros para preencher as vagas conquistadas.

Atrações Culturais – Houve apresentações culturais nas seis plenárias temáticas, com a parceria da Descentralização da Cultura. E os fóruns de delegados das regiões indicaram talentos locais para se apresentarem no início das plenárias. No Extremo Sul, a apresentação ficou por conta do cantor nativista Elton Saldanha, morador da região. 

Público do OP - O Observa POA, em parceria com a Ufrgs, realizou pesquisa quantitativa sobre o perfil dos participantes das assembleias do Orçamento Participativo. A pesquisa “Observando o Orçamento Participativo de Porto Alegre – perfil social e associativo, avaliação e percepções dos participantes da assembleias do OP” retorna após seis anos desde sua última realização. O trabalho ocorreu em todas as plenárias, temáticas e regionais.

Posse dos Conselheiros – Os conselheiros da gestão 2015/2016 tomarão posse em Assembleia Municipal que acontecerá no dia 20 de novembro na Casa do Gaúcho (rua Otávio Francisco Caruso da Rocha, 301 - Parque Mauricio Sirotsky Sobrinho). Na ocasião, os delegados das regiões e temáticas também serão empossados.




/orcamento_participativo
Texto de: Indaiá Dillenburg
Edição de: Gilmar Martins
Autorizada a reprodução dos textos, desde que a fonte seja citada.