Postagem em destaque

Justiça cassa mandato do Conselho Municipal de Cultura de Porto Alegre

A decisão do juiz José Antonio Coitinho, titular da 2ª Vara da Fazenda Pública de Porto Alegre, em Mandado de Segurança impetrado p...

27 de agosto de 2015

OP: assembleia da região Glória elege habitação como prioridade,cultura entre as quatro


Foto: Ivo Gonçalves/PMPA
Mais de 700 pessoas da comunidade participaram da plenária
Mais de 700 pessoas da comunidade participaram da plenária
Foto: Ivo Gonçalves/PMPA
Fortunati falou da importância do OP como instrumento democrático
Fortunati falou da importância do OP como instrumento democrático
A chuva na noite dessa quarta-feira, 26, não impediu a participação da comunidade da região Glória na assembleia do Orçamento Participativo (OP) 2015/2016. O prefeito José Fortunati, acompanhado dos secretários municipais, participou da 21ª reunião do OP, que ocorreu no Ginásio do Colégio Marista Assunção. (fotos)

Mais de 700 pessoas da região participaram da plenária, na qual foram eleitos os novos conselheiros, determinado o número de delegados e priorizadas as novas demandas da região. Fortunati falou da importância do OP como instrumento democrático, onde a comunidade decide como e em que o dinheiro público será aplicado. Na ocasião, foram escolhidos, como prioridades, os investimentos em habitação, educação, saúde e cultura. 

Os presentes elegeram por aclamação a chapa única composta pelos titulares Sirlei Vargas e  Enilson Schepeff Gambarra da Silva, e como suplentes Edson Florentino Borges e Gilson Fernandes Aquino. Neste ciclo do OP, a região Glória receberá investimentos de R$ 4.932.448,43, que serão aplicados em demandas de saneamento básico, habitação, educação, assistência social e cultura.

Investimentos em novas demandas - O Plano de Investimentos e Serviços (PI) deste ano contém mais de R$ 80 milhões em demandas novas, sendo R$ 67 milhões das regionais e R$ 12,5 milhões das temáticas. Mesmo não estando imune à crise que afeta o país e o estado do Rio Grande do Sul, Porto Alegre está mantendo sua capacidade de investimentos.  

Além das discussões acerca das novas demandas das regiões e temáticas e a garantia sobre a continuidade de execução das demandas antigas, os fóruns de delegados e o governo debateram e apresentaram propostas de alteração do regimento interno. As discussões foram conduzidas pelas duas secretarias municipais responsáveis pelo Orçamento Participativo: Governança Local (SMGL) e Planejamento Estratégico e Orçamento (Smpeo).

Maior participação - Em 2014, quando o OP completou 25 anos de implantação, as Assembleias Regionais e Temáticas registraram recorde histórico de participação. As seis reuniões temáticas e as 17 regionais contabilizaram 17.582 credenciamentos. Nas 17 regiões, a prioridade que mais apareceu na primeira colocação foi habitação. Mas a novidade foi em relação à cultura. Dez das 17 regiões pontuaram cultura entre as quatro prioridades.

Próximas Assembleias

27/8 (quinta-feira): região Eixo-Baltazar
Local: Centro Humanístico Vida - avenida Baltazar de Oliveira Garcia, 2.132 -bairro Passo das Pedras

29/8 (sábado): região Humaitá-Navegantes
Local: Escola Municipal Antônio Giudice - rua Caio Brandão de Mello, s/n - Bairro Humaitá

Acompanhe o Orçamento Participativo

- Calendário completo da rodada de assembleias regionais e temáticas do Orçamento Participativo 2015/2016.

- Twitter OP Porto Alegre: @oppoa (ao vivo)

- Facebook: Orçamento Participativo de Porto Alegre

- Transmissão ao vivo disponível aqui

Leia também:

- OP: região Extremo Sul prioriza saneamento básico

- Restinga registra maior participação da história do OP

- Lomba do Pinheiro elege pavimentação como prioridade do OP

- Moradores da região Noroeste elegem prioridades do OP

- Região das lhas escolhe pavimentação como prioridade do OP

- Cultura é a prioridade do OP escolhida pela região Leste

- Região Sul do OP escolhe habitação como prioridade

- Região Cristal elege habitação como prioridade no OP

- Assembleias do OP são transmitidas ao vivo pela Internet

- Drenagem e dragagem são prioridades para região Norte

- Região Centro-Sul elege habitação como prioridade no OP 2015/2016

- Cruzeiro define suas prioridades no Orçamento Participativo

- OP: região Centro abre assembléias regionais com público recorde

- Pesquisa identificará o perfil dos participantes do OP

- OP: temáticas terminam com votação da Saúde e Assistência Social

- OP: temática da Cultura e Juventude bate recorde histórico

- OP: demandas serão classificadas pelas qualidades da resiliência














/orcamento_participativo
Texto de: Bibiana Barros
Edição de: Jandira Davila Feijó
Autorizada a reprodução dos textos, desde que a fonte seja citada.