Postagem em destaque

Justiça cassa mandato do Conselho Municipal de Cultura de Porto Alegre

A decisão do juiz José Antonio Coitinho, titular da 2ª Vara da Fazenda Pública de Porto Alegre, em Mandado de Segurança impetrado p...

21 de outubro de 2013

CONHEÇA O TEXTO FINAL DO PLANO MUNICIPAL DE CULTURA DE PORTO ALEGRE

Conheça no link abaixo o Texto final do Plano Municipal de Cultura de Porto Alegre:
Observação importante:
Informamos, que esse não é ainda o texto definitivo, que somente  o será  após passar pela aprovação da Câmara de Vereadores de Porto Alegre, estando sujeito ainda a sofrer alterações.

O Plano Municipal de Cultura de Porto Alegre  foi entregue pela sociedade civil representada pelo CMCPOA, sexta-feira, às 11  h  Salão Nobre do Paço Municipal  para o Prefeito Fortunati.
O documento é referência para a elaboração das políticas públicas de cultura do município até 2023. O plano de cultura abarca a plenitude da diversidade cultural da cidade e reforça o caráter democrático da participação popular. O plano foi a prioridade para o Conselho Municipal de Cultura neste últimos dois anos. "Entendemos que sem um documento norteador sobre a cultura da cidade, a sociedade não terá a oportunidade de conclamar a cultura como chave do desenvolvimento sustentável" comenta Paulo Guimarães, Presidente do Conselho.
Na construção do Plano Municipal de Cultura de Porto Alegre, o CMC POA participou como protagonista trabalhando ativamente na sua elaboração desde maio de 2012 até o seu final. O texto final do plano foi validado no conselho – momento de grande orgulho para nós, conselheiros de cultura de Porto Alegre. Nosso trabalho foi desempenhado com a visão do importante papel de controle social para que o plano terminasse no menor prazo possível e pudesse garantir e abarcar toda a participação social na cultura de Porto Alegre, desde a primeira conferência de cultura em 1995 quando se iniciou definitivamente sua construção. Foram mais de mil resoluções analisadas e sistematizadas, oriundas das nove conferências municipais de cultura, que serviram de espinha dorsal para a constituição de tal documento referencial da cultura de Porto Alegre.
O resultado de todo esse trabalho não deveria deixar de ser grandioso, principalmente pela maneira participativa e democrática com que foi constituído, resultando num plano dos mais consistentes em conteúdo e participação popular do país. São 24 diretrizes, sete grandes eixos estratégicos, 48 prioridades e 361 ações.
A gestão do CMC 2011/2013 se sente privilegiadamente honrosa por poder participar deste processo que vai intensificar a diversidade cultural da cidade. Com certeza foi o coroamento desta gestão que iniciou seus trabalhos no ano de 2009, após a reativação do conselho, ficando agora para as próximas gestões a importante tarefa de fazer valer a vontade da sociedade manifestada nesse plano.
Viva a nossa cultura!
CMC POA: Vivendo a cultura, transformando a cidade!
Paulo Roberto R.  Guimarães
Presidente do Conselho Municipal de Cultura de Porto Alegre