Postagem em destaque

Justiça cassa mandato do Conselho Municipal de Cultura de Porto Alegre

A decisão do juiz José Antonio Coitinho, titular da 2ª Vara da Fazenda Pública de Porto Alegre, em Mandado de Segurança impetrado p...

17 de outubro de 2013

MinC lança editais de acessibilidade

via cultura e mercado:

O Ministério da Cultura lançou nesta quarta-feira (16/10) dois editais de acessibilidade: Edital Livro Acessível e Edital Para Bibliotecas.
Foto: Jason Taellious

O primeiro destinará R$ 1,5 milhão ao fomento, produção, difusão e distribuição de livros em formato acessível: Daisy, Braille, audiolivros ou outro modo que permita o acesso de pessoas com deficiência visual ao seu conteúdo. Já o segundo selecionará projeto voltado para ampliação e qualificação da acessibilidade em 10 bibliotecas públicas, no valor total de R$ 2,7 milhões.
O Edital Livro Acessível é uma parceria da Fundação Biblioteca Nacional (FBN), por intermédio da Diretoria do Livro, Leitura, Literatura e Bibliotecas (DLLLB), e do MinC, por intermédio de sua Diretoria de Direitos Intelectuais (DDI). Objetiva a constituição de uma rede descentralizada de produção e de acesso a obras adaptadas com vistas a suprir as demandas e particularidades regionais.
Podem participar entidades privadas sem fins lucrativos e/ou entidades públicas: associações, bibliotecas, entre outras que desenvolvam projetos para pessoas com deficiência visual ou na produção de livros. Cada proponente poderá participar com um projeto que se adeque a uma das seguintes categorias: I – Infraestrutura de produção de livros em formato acessível – R$ 190 mil; II – Produção, distribuição e difusão de livros em formato acessível – R$ 230 mil e III– Capacitação e difusão de livro em formato acessível – R$ 80 mil. Serão três projetos selecionados para cada categoria.
Já o Edital de Acessibilidade em Bibliotecas Públicas tem como objetivo selecionar um projeto voltado para ampliação e qualificação da acessibilidade em 10 bibliotecas públicas, considerando os seguintes eixos: diagnóstico; qualificação de acervos; acesso à tecnologia assistiva (prover as 10 bibliotecas com um kit de equipamentos e softwares, assim como acessórios para melhor atender a pesquisa e leitura de pessoas com necessidades especiais); capacitação de equipe; fomento ao trabalho em redes; e produção de material orientador.
A meta é desenvolver um projeto piloto com uma instituição que possa trabalhar esses eixos nas 10 bibliotecas públicas a serem selecionadas pelo Sistema Nacional de Bibliotecas Públicas da Diretoria de Livro, Leitura, Literatura e Bibliotecas/FBN-MinC.
As inscrições para os dois editais deverão ser efetuadas até o dia 15 de novembro.
Clique aqui para saber como se inscrever.
*Com informações do site do MinC