Postagem em destaque

Justiça cassa mandato do Conselho Municipal de Cultura de Porto Alegre

A decisão do juiz José Antonio Coitinho, titular da 2ª Vara da Fazenda Pública de Porto Alegre, em Mandado de Segurança impetrado p...

23 de outubro de 2013

Experiência de Paris no Turismo Criativo é tema de painel

O segundo dia da Conferência Brasileira de Turismo Criativo foi aberto com o painel Experiência: Paris Criativa, apresentado por Sylvie Canal. Criadora do portal creativeparis.info, Sylvie mostrou como foi implantado o programa de Turismo Criativo na capital francesa.  A palestra foi mediada pelo economista e diretor da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis do Rio Grande do Sul (ABIH/RS) Abdon Barretto Filho.
 
Destino mais procurado no mundo, Paris buscava desenvolver uma nova maneira de promover a cidade e de como os visitantes a vivenciam, assim surgiu o portal creativeparis.info. “Procurávamos uma forma de fazer um turismo mais participativo, não só de contemplação”, disse Sylvie. A francesa lembrou que no início não havia uma metodologia específica para a construção do portal. “Não tínhamos método, estrutura como a de Porto Alegre, que vimos ontem na apresentação do secretário Luiz Fernando Moraes. Começamos a partir das experiências que tínhamos e com base do que acontecia em Barcelona. Foi realizado um longo trabalho de classificação e a avaliação das oficinas, e hoje contamos com oito categorias”, contou.
 
De acordo com Sylvie, a principal diretriz do processo foi descobrir como atrair o visitante para conhecer a cidade de outra maneira. “O Turismo Criativo é extremamente enriquecedor. O turista torna-se mais artista e compartilha com os locais, o que dá outra dimensão a viagem e o instiga a retornar”, disse. A francesa citou a culinária local como exemplo de atividade criativa bem sucedida em Paris. “Todo mundo tem o sonho de ir a Paris e aprender com chef francês como fazer croissant para o café da manhã ou baguette. E a oficina proporciona essa experiência e dá outro sabor ao croissant, ao baguette”, comentou.
 
Para Sylvie, os setores de turismo e cultura devem trabalhar juntos. “O futuro de ambos está entrelaçado, pois se completam e juntos têm um potencial enorme”, disse.  A francesa destacou, também, características em comum entre as capitais francesa e gaúcha: O que caracteriza Porto Alegre e Paris como destino de Turismo Criativo é toda a cultura, todo esse patrimônio, e a paixão criativa para fazer o visitante ver a cidade de outra maneira. 


/turismo
Texto de: Cristiane Serra
Edição de: Manuel Petrik
Autorizada a reprodução dos textos, desde que a fonte seja citada.