Postagem em destaque

Justiça cassa mandato do Conselho Municipal de Cultura de Porto Alegre

A decisão do juiz José Antonio Coitinho, titular da 2ª Vara da Fazenda Pública de Porto Alegre, em Mandado de Segurança impetrado p...

16 de outubro de 2013

Grupo Experimental de Dança da Cidade abre encontro estadual

Foto: Marcelo Cabrera/Divulgação PMPA
Trabalho aborda temas como padrões de composição e uso do espaço cênico
Trabalho aborda temas como padrões de composição e uso do espaço cênico
A performance Pequenos atentados poéticos, do Grupo Experimental de Dança da Cidade, irá compor a abertura do 1º Encontro de Dança do Rio Grande do Sul, nesta quinta-feira, 17, às 20h, no Teatro Bruno Kiefer da Casa de Cultura Mario Quintana. O trabalho reúne uma série de cenas criadas nas aulas do projeto, buscando investigar e problematizar temas como corpo e (des)ordem social, dança e padrões de composição, uso do espaço cênico, a relação entre o artista e o espectador e os discursos sobre o fazer artístico. A entrada é franca, e a performance tem direção dos coreógrafos Airton Tomazzoni, Alessandro Rivellino, Douglas Jung e Neca Machado.

No elenco estão Alex Vidaleti, Alexandra Castilhos, Alyne Rehm, Andhiara Soares do Amaral, Bianca Brochier, Bruna Gomes, Clarissa Brittes, Débora Nunes, Ferhi Mahmood, Emily Chagas, Gabriel Dias Martins, Gabriela Rosa, Junior Alceu, Leslie Diehl, Luãh Moreira Valença, Luis Felipe Soares de Lima, Luiza Fischer, Manon Galisteo, Marcelo Iuds Ribeiro, Mariana Kich, Natália Karam, Raquel Vidal, Renata Stein Dias e Sahaj.

O projeto do Grupo Experimental de Dança da Cidade foi criado em 2007 com o objetivo de oferecer formação gratuita e continuada com consagrados artistas e professores da Capital. Mais de 120 alunos já passaram pelo projeto, alguns deles ganhando destaque na produção local, como Alessandro Rivellino (Prêmio Açorianos 2011 de Melhor Bailarino) e Roberta Savian (Prêmio Klauss Vianna 2012) ou continuando a formação no exterior e integrando grupos e companhias nacionais e internacionais, como o bailarino Douglas Jung, graduado na School Experimental Academy of Dance (SEAD/Salzburg/Áustria), e o bailarino Marcio Canabarro, que atua na Europa e esteve recentemente no Brasil dançando obra de Meg Stuart. Desde sua criação o projeto contou no corpo docente com consagrados artistas, como Eva Schul, Jussara Miranda, Luciana Paludo, Susana D´ávila, Alexandre Rittman e Andrea Spolaor. Entre as montagens do projeto, estiveram Follias Fellinianas (2007), Ou algo assim que me intrigue (2008), Faz de conta que (2010) e Cuidado: Frágil (2012).


/cultura /danca
Texto de: Airton Tomazzoni
Edição de: Vanessa Oppelt Conte
Autorizada a reprodução dos textos, desde que a fonte seja citada.