Postagem em destaque

Justiça cassa mandato do Conselho Municipal de Cultura de Porto Alegre

A decisão do juiz José Antonio Coitinho, titular da 2ª Vara da Fazenda Pública de Porto Alegre, em Mandado de Segurança impetrado p...

13 de outubro de 2013

Fábrica de Gaiteiros’ é destaque no Galpão Crioulo


 
Fábrica de Gaiteiros é atração do próximo Galpão Crioulo (Foto: Verônica De Giacomo/RBS TV)

Do site do Galpão Crioulo:

O Galpão Crioulo deste domingo (13) traz uma série de atrações especiais em homenagem ao Dia das Crianças. Para marcar a data, os apresentadores Neto Fagundes e Shana Müller recebem os alunos da Fábrica de Gaiteiros, projeto idealizado pelo músico Renato Borghetti (veja trecho da apresentação no vídeo abaixo).

Motivado pela vontade de resgatar a tradição daquele que é conhecido como o instrumento mais simbólico da música regionalista do Rio Grande do Sul, Borghetti criou há cerca de três anos o projeto que envolve desde a confeccção de gaitas de oito baixos até aulas de música com o instrumento.
- O Rio Grande do Sul já foi referência em produção de gaitas, mas com o tempo as fábricas foram desativadas e isso se perdeu. É uma situação difícil para um pai que gostaria que um filho se tornasse gaiteiro, por exemplo, e para isso teria que comprar gaitas importadas ou usadas, ambas muito caras – explica Borghetti.

Hoje, a Fábrica de Gaiteiros conta com a participação de 120 crianças e jovens de sete a 15 anos nas cidades de Guaíba, Porto Alegre, Barra do Ribeiro, São Gabriel e Tapes. Enquanto funcionários dão continuidade à fabricação das gaitas, os alunos aprendem a manusear e tocar o instrumento, além de aprender mais sobre a cultura gaúcha.

Até o momento, cerca de 50 gaitas já foram confeccionadas, e para suprir a necessidade de todos os aprendizes, o projeto faz uso de um sistema semelhante ao de uma biblioteca. As gaitas são retiradas para o treino em casa ou os alunos podem marcar horário para ensaios nas escolas.
Parte dos alunos da Fábrica de Gaiteiros participa do Galpão Crioulo deste domingo (13), ao lado do professor Renato Borghetti. Não perca! O programa começa às 6h30 na RBS TV.


Fonte: Portal G1 - Repórter Farroupilha