Postagem em destaque

Justiça cassa mandato do Conselho Municipal de Cultura de Porto Alegre

A decisão do juiz José Antonio Coitinho, titular da 2ª Vara da Fazenda Pública de Porto Alegre, em Mandado de Segurança impetrado p...

18 de outubro de 2013

Plano de cultura foi entregue para o Prefeito Fortunati

Hoje às 11 h no Salão Nobre do Paço Municipal  a sociedade civil entregou para o Prefeito Fortunati o PLANO DE CULTURA da cidade. O documento é referência para a elaboração das políticas públicas de cultura do município até 2023. O plano de cultura abarca a plenitude da diversidade cultural da cidade e reforça o caráter democrático da participação popular. O plano foi a prioridade para o Conselho Municipal de Cultura neste últimos dois anos. "Entendemos que sem um documento norteador sobre a cultura da cidade, a sociedade não terá a oportunidade de conclamar a cultura como chave do desenvolvimento sustentável" comenta Paulo Guimarães, Presidente do Conselho.
Na construção do Plano Municipal de Cultura de Porto Alegre, o CMC POA participou como protagonista trabalhando ativamente na sua elaboração desde maio de 2012 até o seu final. O texto final do plano foi validado no conselho – momento de grande orgulho para nós, conselheiros de cultura de Porto Alegre. Nosso trabalho foi desempenhado com a visão do importante papel de controle social para que o plano terminasse no menor prazo possível e pudesse garantir e abarcar toda a participação social na cultura de Porto Alegre, desde a primeira conferência de cultura em 1995 quando se iniciou definitivamente sua construção. Foram mais de mil resoluções analisadas e sistematizadas, oriundas das nove conferências municipais de cultura, que serviram de espinha dorsal para a constituição de tal documento referencial da cultura de Porto Alegre.
O resultado de todo esse trabalho não deveria deixar de ser grandioso, principalmente pela maneira participativa e democrática com que foi constituído, resultando num plano dos mais consistentes em conteúdo e participação popular do país. São 24 diretrizes, sete grandes eixos estratégicos, 49 prioridades e 361 ações.
A gestão do CMC 2011/2013 se sente privilegiadamente honrosa por poder participar deste processo que vai intensificar a diversidade cultural da cidade. Com certeza foi o coroamento desta gestão que iniciou seus trabalhos no ano de 2009, após a reativação do conselho, ficando agora para as próximas gestões a importante tarefa de fazer valer a vontade da sociedade manifestada nesse plano.
Viva a nossa cultura!
CMC POA: Vivendo a cultura, transformando a cidade!
Paulo Roberto R.  Guimarães
Presidente do Conselho Municipal de Cultura de Porto Alegre