Postagem em destaque

Justiça cassa mandato do Conselho Municipal de Cultura de Porto Alegre

A decisão do juiz José Antonio Coitinho, titular da 2ª Vara da Fazenda Pública de Porto Alegre, em Mandado de Segurança impetrado p...

4 de outubro de 2013

Mudanças no Carnaval de Porto Alegre


Uamba será realizada em apenas um dia e desfile do Acesso será antecipado

O Carnaval de Porto Alegre não terá mais quatro noite seguidas de desfiles. Uma mudança definida pela Secretaria Municipal de Cultura e pela Prefeitura limitou o evento oficial a três noites de espetáculo para reduzir custos. Ou seja, a segunda-feira foi eliminada do calendário da folia.

Com isso, AECPARS e Liespa entraram em um acordo para readequar as apresentações dos três grupos. E a melhor alternativa foi antecipar o Grupo de Acesso para uma semana antes do espetáculo oficial, no final de semana da Muamba.

Como ficou
O Carnaval de Porto Alegre será realizado em dois finais de semana. A Muamba do Grupo Especial será concentrada no sábado, e a sexta-feira ficou reservada à inclusão do desfile do terceiro grupo de Porto Alegre. Em 2014, o Grupo de Acesso, portanto, dará a largada para a disputa oficial.

21 de fevereiro (sexta) — Desfiles do Grupo de Acesso
22 de fevereiro (sábado) — Ensaio Técnico
28 de fevereiro (sexta) — Desfiles do Grupo Especial (1ª noite)
1º de março (sábado) — Desfiles do Grupo Especial (2ª noite)
2 de março (domingo) — Desfiles do Grupo Intermediário A e das Tribos

Ordens dos desfiles
Além da mudança de data do Grupo de Acesso, a única alteração de desfile foi em relação à tribo Os Guaianazes, que desfilaria na segunda-feira e agora abrirá, junto com Comanches, a disputa do domingo de Carnaval. De resto, tudo igual. Confira aqui e aqui (com horário) a ordem oficial dos desfiles para o Carnaval de 2014

Outras alternativas analisadas

Entre as fórmulas discutidas para resolver a redução de quatro para três noites de desfiles foi dividir as escolas do Grupo Especial em dois trios. Assim, as tribos desfilariam na sexta-feira, três escolas do Acesso abririam o sábado e três desfilariam no domingo.

Dessa maneira, no entanto, as agremiações teriam de entrar na avenida no fim da tarde, o que prejudicaria questões técnicas e de público, além do desfiles das escolas convidadas.