Postagem em destaque

Justiça cassa mandato do Conselho Municipal de Cultura de Porto Alegre

A decisão do juiz José Antonio Coitinho, titular da 2ª Vara da Fazenda Pública de Porto Alegre, em Mandado de Segurança impetrado p...

2 de outubro de 2013

5ª MOSTRA DE TEATRO INFANTIL


5ª MOSTRA DE TEATRO INFANTIL

Toda a programação é com entrada franca
distribuição de senhas 1h antes


8 DE OUTUBRO - terça-feira

ESPECIAL PARA CRIANÇAS - ORQUESTRA VILLA-LOBOS (música)
Teatro Renascença
20h
“Especial para Crianças” é um concerto da Orquestra Villa-Lobos apresentado por 45 jovens músicos - em naipes de flautas doces, cordas, teclado, percussão e voz - todos integrantes do programa de educação musical da Escola Municipal de Ensino Fundamental Heitor Villa-Lobos. No programa, composições de Heitor Villa-Lobos, Toquinho e Vinícius de Moraes, Chico Buarque, Waldir Azevedo, João Bosco e Aldir Blanc, Ary Barroso, Gonzaguinha, Jorge Benjor, O Rappa, Lennon e McCartney, Adele, entre outros.

9 DE OUTUBRO - quarta-feira

DANÇANDO ÀS BRINCA! (dança)
Teatro Renascença e Sala Álvaro Moreyra
20h
Uma mostra de dança para crianças e também adultos, que queiram entrar no lindo campo da imaginação e fantasia que a dança pode proporcionar com alegria e descontração, onde várias linguagens constroem esta mensagem de Dançando às Brinca com a dança, circo e teatro. Participação do Grupo Andanças, Mais Studio de Danças, Necitra e Raça Nativa.



10 DE OUTUBRO - quinta-feira

CIÊNCIA EM SHOW (ciência)
Teatro Renascença
20h
Num espetáculo interativo, Wilson, Gerson e Daniel abordam diversos tópicos da ciência do dia a dia, desde fenômenos ligados à física e química até eletrônica e novas tecnologias. Com aproximadamente uma hora de duração e experiências ao vivo, o show é destinado à estudantes de qualquer nível de ensino: fundamental, médio e superior. Tudo apresentado de forma divertida e bem humorada.


GUIA IMPROVÁVEL PARA CORPOS MUTANTES (dança)
Sala Álvaro Moreyra
20h
A proposta de investigação partiu da percepção da habilidade das crianças em pensar o corpo, reinventando-o, tanto ao representá-lo em desenhos e esculturas quanto ao brincar, facilmente mudando de identidade, de tamanho, de forma . Buscando seguir esse caminho, houve a procura pela criação de artifícios para assumir outros rostos, para reconfigurar o corpo, para mover-se diferentemente. O tema é bastante presente no universo infantil e caro ao grupo, artística e filosoficamente: o corpo como condição de possibilidade de se reinventar. Duração: 40 min

FICHA TÉCNICA
Concepção e Direção: Airton Tomazzoni
Criação e interpretação: Diego Esteves, Fernanda Boff, Karenina de los Santos, Douglas Jung,
Cenografia: Maira Coelho
Figurinos: Airton Tomazzoni, Naray Pereira e grupo.
Trilha Sonora: Gustavo Finkler
Iluminação: Bathista Freire
Fotografia: Marcelo Cabrera
Produção: Canto – Cultura e Arte
O projeto selecionado no programa Rumos Itaú Cultural Dança 2012-2014 - carteira de Dança para Crianças e contemplado com o Prêmio FUNARTE Petrobras de Dança Klauss Vianna 2012.



12 DE OUTUBRO - sábado



AULA ESPETÁCULO DO CIRCO DA CULTURA (circo)
Estacionamento do Centro Municipal de Cultura
10h30 às 12h
Entrada Franca, não é necessário inscrição antecipada.
Jogos acrobáticos e musicais que envolvem toda a família.
Quem quiser participar é só vir com roupas confortáveis.
Público-alvo livre. Crianças menores de sete anos devem estar acompanhadas de adultos.
O Circo da Cultura é uma ação entre SMC / FASC e REDE do CIRCO.
Horário: das 10h30 às 12h
Local: Estacionamento do Centro Municipal de Cultura (Av. Erico Veríssimo, 307)


12 e 13 DE OUTUBRO - sábado e domingo

O GATO DE BOTAS (teatro)
Sala Álvaro Moreyra
Às 16h
Uma gataria de gatos ciganos espanhóis vem até o público para reivindicar o título de ‘melhor amigo do homem”, atribuído até então para os cães. Com este intuito se reúnem para contar a história de um gato, que ao calçar um par de botas muda a sorte e o destino de seu amo, um rapaz pobre e sozinho. Através de sua inteligência e arte, o gato conquista a confiança e admiração do rei, vence o terrível feiticeiro e devolve ao seu dono o castelo, antes furtado de seu avô pelo gigante malvado. Em meio a canções e belas coreografias baseadas em dança cigana, espanhola e flamenco, os gatos conseguem provar que também podem ser chamados de melhores amigos do homem.



A MENINA DO CABELO VERMELHO (teatro)
Teatro Renascença
Às 16h
Produzida pela Las Brujas Cia de Teatro e Feitiços, “A Menina do Cabelo Vermelho” narra a história de Filó, que como diz o título, possui longos cabelos vermelhos e que quando se põe a pensar no mundo, fica tão leve, tão leve que sai um pouquinho do chão. Filó irá viver uma aventura fantástica, em que vivenciará situações de medo, de coragem, amizade e amor. Ela nem sempre será feliz em suas ideias, mas descobrirá no trabalho em conjunto, na amizade e no respeito às diferenças a superação de suas dificuldades.
A montagem, contemplada com o Prêmio Funarte de Teatro Myriam Muniz 2012 e adaptada do livro homônimo de Lolita Goldschmidt.

O GATO MALHADO E A ANDORINHA SINHÁ (teatro)
Teatro de Câmara Túlio Piva
Às 16h

O espetáculo aborda a condição de impossibilidade da relação entre um gato e uma andorinha, cujos mundos os tornam “naturalmente” inimigos. O cenário deste encontro é um parque. A passagem das estações, o vento, o tempo e a manhã trazem atmosferas poéticas para a história. O gato malhado, visto como uma figura antipática e amedrontadora, vai mudando de humor. Os Bichos se agitam, e a vida no parque vai se transformando... felicidades e tristezas que o vento traz e leva, pois, sendo vento, pode mudar as coisas de lugar! Este é um espetáculo para conquistar crianças de todas as idades, possibilitando diferentes modos de apreciação e entendimento.


Realização:


12:13 01/10/2013, noreply@blogger.com (Coordenação de Artes Cênicas - CAC), infantil, mostra de teatro infantil, teatro infantil, Mais Teatro
Sala Álvaro Moreyra
De 05 a 20 de Outubro
Sábados e domingos às 16h

Uma gataria de gatos ciganos espanhóis vem até o público para reivindicar o título de ‘melhor amigo do homem”, atribuído até então para os cães. Com este intuito se reúnem para contar a história de um gato, que ao calçar um par de botas muda a sorte e o destino de seu amo, um rapaz pobre e sozinho. Através de sua inteligência e arte, o gato conquista a confiança e admiração do rei, vence o terrível feiticeiro e devolve ao seu dono o castelo, antes furtado de seu avô pelo gigante malvado. Em meio a canções e belas coreografias baseadas em dança cigana, espanhola e flamenco, os gatos conseguem provar que também podem ser chamados de melhores amigos do homem.
Texto e adaptação; Daiane Oliveira
direção: Daiane Oliveira
direção musical e trilha sonora: Daiane Oliveira e André Trento
mixagem de som: Moai Produtora de Som
preparador vocal: Lucas Krug
coreografias e preparação corporal: Fernanda Santos e Guilherme Ferrêra
coreografia flamenca: Guilherme Ferrêra
figurinos: Fabrizio Rodrigues
costureira: Naray Pereira
maquiagem: Luana Zinn
cenário: Lucas krug
adereços: Paulo Grilo
criação e operação de luz: Osmar Montiel /Operador: Casemiro Azevedo
contribuições cênicas: Plinio Marcos Rodrigues e Silvia Ramos
elenco: Guilherme Ferrêra, Henrique Gonçalvez, LuisFranke, Daiane Oliveira, Lucas krug e Luana Zinn
arte: Rogério Araújo
fotografia: Tuti Flores
filmagem: Juliano Ambrosini
Assessoria de Imprensa: Mary Mezzari
Direção de Produção: Sandra Narcizo – MS2Produtora
Realização Cia de Teatro Menino Tambor

12:01 01/10/2013, noreply@blogger.com (Coordenação de Artes Cênicas - CAC), infantil, mostra de teatro infantil, teatro infantil, Mais Teatro
Teatro Renascença
De 05 a 13 de outubro
Sábados e domingos, às 16h
O espetáculo conta a história de Filó, uma menina de cabelos vermelhos que achava tudo ao seu redor preto e branco e sem graça, quando sonhava em conhecer o mundo ficava tão leve que mal tocava os pés no chão. Um belo dia ela saiu para brincar com sua pipa, engatou nos pensamentos e o vento soprou forte... E lá foi ela mundo afora conhecer as belezas da diversidade cultural...
Direção Daniel Colin
Elenco Diana Manenti, Lolita Goldschmidt e Denis Gosch
Preparação Vocal Gisela Habeyche
Dramaturgia Diana Manenti e Lolita Goldschmidt
Preparação corporal Lolita Goldschmidt
Iluminação Leandro Gass
Cenografia Mario Cavalheiro
Animação Gráfica Monika Papescu
Figurino Claudio Benevenga
Produção Las Brujas Cia de Teatro e Feitiços
11:44 01/10/2013, noreply@blogger.com (Coordenação de Artes Cênicas - CAC), infantil, mostra de teatro infantil, teatro infantil, Mais Teatro

Teatro de Câmara Tulio Piva
De 05 de outubro a 03 de novembro de 2013
Sábados e domingos, às 16h.
O espetáculo aborda a condição de impossibilidade da relação entre um gato e uma andorinha, cujos mundos os tornam “naturalmente” inimigos. O cenários deste encontro é um parque. A passagem das estações, o vento, o tempo e a manhã trazem atmosferas poéticas para a história. O gato malhado, visto como uma figura antipática e amedrontadora, vai mudando de humor. Os Bichos se agitam, e a vida no parque vai se transformando... felicidades e tristezas que o vento traz e leva, pois, sendo vento, pode mudar as coisas de lugar! Este é um espetáculo para conquistar crianças de todas as idades, possibilitando diferentes modos de apreciação e entendimento.
Direção geral e gestão de projeto : Carla Vendramin
Direção cênica: Plínio Marcos Rodrigues
Direção de produção: Viviane Falkembach - Íris Produções
Criação corporal: Carolina Teixeira e grupo
Elenco:Beta Spader, Carla Vendramin, Daniel Corrêa, Luciana Hoppe, Plínio Marcos Rodrigues, Silvia Wolff e Thiago Rieth
Vozes em off: Carla Vendramin, Carolina Teixeira, Plínio Marcos Rodrigues e Téo Rodrigues
Texto inicial: Estêvão da Escuna
Dramaturgia: Plínio Marcos Rodrigues, a partir de roteiro baseado na obra de Jorge Amado
Trilha sonora original, arranjos, preparação vocal e musical: Cuca Medina
Mixagem e masterização: Rodrigo Avellar de Muniagurria
Orientação de práticas corporais
Improvisação e composição: Carla Vendramin
Body-Mind Centering: Luciana Hoppe
Ballet:Silvia Wolff
Programação de design multimídia: Tomaz Klotzel
Figurinos:Anderson de Souza e Marcela Corrêa
Iluminação:Bathista Freire
Audiodescrição: Mil Palavras
Orientação cênica em LIBRAS: Adriana Sommacal
Tradução em LIBRAS: Celina Xavier e Augusto Schallenberger
Atuação em LIBRAS: Umberto Vinícius da Rosa
Projeto Gráfico: Rafael Franskowiak
Fotografia: Jefferson Minchef