Postagem em destaque

Justiça cassa mandato do Conselho Municipal de Cultura de Porto Alegre

A decisão do juiz José Antonio Coitinho, titular da 2ª Vara da Fazenda Pública de Porto Alegre, em Mandado de Segurança impetrado p...

12 de setembro de 2015

Mineiros aprendem a fazer churrasco no Acampamento Farroupilha

 

Na manhã deste sábado, 12, diversos visitantes, entre eles o casal de mineiros Mariana Pereira Braga e Rodrigo César da Costa Ribeiro, aprenderam mais sobre o prato típico do Rio Grande do Sul. A oficina de churrasco do projeto Turismo de Galpão, realizada no Acampamento Farroupilha pelo piquete Tropeiros do Asfalto, foi ministrada pelo capataz do espaço, Denis Andrade. 

 
Pela primeira vez no evento, os mineiros puderam conhecer de perto a cultura e os costumes locais. Ficaram encantados com a festa gauchesca que acontece no Parque Harmonia e descobriram dicas para assar um bom churrasco. O instrutor Denis Andrade explicou os cuidados na hora de comprar os itens para o churrasco, o modo como espetar as carnes e o tempo aproximado que cada uma deve ficar no fogo. "Na hora de espetar, o osso deve sempre ficar para baixo e a gordura para cima", disse. Segundo ele, esse é o segredo, pois quem assa mesmo a carne é o osso. A dúvida de muitos ficou em relação à carne de porco. "A costelinha de porco não pode ser comida mal passada, tem que ser sempre bem assada", comentou. A dica que o instrutor ressaltou é assar bem ela, para que se elimine 90% das bactérias e evite o risco de contaminação. 
 
A espera pelo churrasco pronto não tem tempo definido. "Se tiver pressa, estraga", falou Andrade. O instrutor também abordou o tempo que as carnes devem ficar na churrasqueira. "No fogo tradicional normalmente a costela e o frango ficam prontos em 1h30, o salsichão em 30 a 45 minutos e o porco é o que demora mais, em torno de 2h. O mínimo que ele tem que ficar no fogo é 1h30", indicou. 
 
A mineira Mariana veio à Capital para realizar um concurso no final de semana e descobriu por acaso a festa gauchesca. "Não tinha ideia que era tão grande e movimentada, as oficinas nos aproximam completamente da cultura tradicionalista", confessou. 
 
Oficinas – O projeto Turismo de Galpão oferece atividades de aprendizagem sobre a cultura gaúcha. Para participar basta fazer as inscrições no Espaço de Hospitalidade do Turismo de Galpão, localizado próximo à entrada principal do Parque Harmonia, ao lado do Centro de Eventos Casa do Gaúcho. Toda a programação de oficinas está disponível no local, diariamente das 10 às 22h, em guias impressos em português, espanhol e inglês. Outra opção é consultar antecipadamente o portal www.portoalegrecriativa.info. O projeto Turismo de Galpão é uma iniciativa das secretarias municipais de Turismo e da Cultura, da 1ª Região Tradicionalista e da Fundação Cultural Gaúcha. 
 


/acampamento_farroupilha /cultura /turismo

Texto de: Júlia Resende (estagiária) / Supervisão: Eliana Zarpelon
Edição de: Isabel Cristina Kolling Lermen
Autorizada a reprodução dos textos, desde que a fonte seja citada.

Guimarães Presidente  Conselho Municipal de Cultura
Em mandato prorrogado
F: 3338.8738 / 9987.5880
Twitter Guimarães:http://twitter.com/notas_guimaraes
https://www.facebook.com/Paulorobertoguimaraes
Blog Conselho POA:http://cmcpoa.blogspot.com